terça-feira, 15 de março de 2011

Nosso futuro depende de uma historia de amor...

Uma historia de amor que nunca foi contado no cinema, e de tal importância que faz viver a humanidade...
As flores são símbolos de beleza em estado puro. Frágeis e misteriosas, delicadas e graciosas, elas são o futuro do planeta. Mas, sem sua historia de amor com seus « polinizadores » nada seria possível...
O filme "POLLEN" estréia dia 16 na França

O filme...
Nossa vida na terra depende de uma historia de amor supreendente entre as flores e uma fauna composta de abelhas, borboletas, aves e morcegos, que permite à todas às espécies de se reproduzirem. Delicadas e graciosas, as flores não se contentam em ser o ultimo simbolo de beleza. Bem ao contrário, suas explosões de cores, seus perfumes exóticos, são maravilhas que chamam atenção dos polinizadores e espalham a euforia do desejo. Todos estes animais participam da dança de sedução complexa que depende de nossas colheitas, uma dança que, sem ela, não poderíamos sobreviver...
Imagens do filme
Adicionar legenda




O cineasta...
Louie Schwartzberg descreve o filme «POLLEN»
Louie Schwartzberg - cineasta
«Se realizei este filme, é porque eu filmei as flores durante 35 anos, todos os dias sem parar, e teria assim, material para fazer inúmeros filmes. Eu capturei imagens segundo por segundo, todos os dias. Ao final de 35 anos, eu agrupei doze horas de conteúdos. Por que o filme tem tantas flores? Eu amo vê-las dançarem sob luz e vê-las desabrocharem. Eu amo suas cores, de senti-las, de tocá-las. Eu filmei as flores durante muito tempo, e compreendi que a beleza é a arma de sedução da natureza, e se você se apaixona, você protege. As flores captam a energia do sol, para se alimentar, se curar ou se proteger, mas as plantas não podem se deslocar, ela não tem patas. Elas dependem dos polinizadores para que possam deslocar suas sementes de um ponto à outro. É uma maravilhosa relação. Eu transformo várias imagens em ritmos diferentes, imagens rápidas, mas também imagens lentas que permitem de ver precisamente o que olho humano normalmente não pode ver, é um sonho de criança. Ser como uma criança que ver as coisas pela primeira vez, é isso que nos deixa maravilhados. Com a natureza, você se apaixona por tudo que ver pela primeira vez. Eu espero que o público tenha uma nova relação com as flores depois de ver o filme. A natureza criou a beleza para que nos apaixonássemos por ela e a protegêssemos»
Imagens em vidéo do filme



O novo filme «POLLEN» da DISNEYNATURE (filmes voltados para o meio ambiente), realizado por Louie Schwartzberg visa sensibilizar e informar sobre os relacionamentos entre o mundo vegetal e o mundo animal, esseciais para o equilíbrio do planeta. 
Com tomadas feitas nos quatros cantos do mundo, em locais que unem as flores e seus polinizadores, este filme nos faz entender que a vida na terra depende deste elo importante, e desta linguagem universal, a polinização
A extinção dos polinizadores seria um desastre ecológico que ameaçaria a agricultura e nossos recursos alimentares. Para sensibilizar sua importância no ecossistema que o cineasta fez a escolha de produzir este filme. Esta historia de amor contada no filme, assegura a existência de toda cadeia de vida na terra, a qual fazemos parte. 
Um mundo fantástico que as sociedades urbanas perderam de vista, onde a beleza das áreas verdes, são praticamente inexistentes, tomadas pela textura do « mundo globalizado ». 
Neste filme temos a compreensão da linguagem que une o homen ao planeta. Uma amostra em sons e imagens de tudo que fazemos parte, enfim em verdadeira harmonia com a natureza.
Uma sociedade de polinização é tudo que necessitamos para saber evoluir sem destruir. Mais uma lição que a natureza nos dar, de como viver em comunidade, beneficiando uns aos outros. Um filme que veio em bom momento, onde o homem começa sentir a ameaça de sua extinção através de suas proprias invenções, e de seu consumismo arrasador que ameaça todo planeta. Uma realidade que, infelizmente, chega de forma cruel através de catástrofe como a do Japão. 
No tsunami da Tailândia o instinto dos animais salvaram vidas antes mesmo que o homem se desse conta do perigo destruidor que chegava. 
O que precisamos mais, para poder entender que a natureza detém a sabedoria para a harmonia e o desenvolvimento entre ela e o homem?
Quando nós apredermos a compartilhar, proteger e observar, esta harmonia sauvará o mundo.

A Francophonie no meio do mundo

No dia 1° de setembro professores e alunos do curso de francês do Centro Cultural Amapaense estiveram no #lecafebistrot ,localizado ...