sexta-feira, 29 de março de 2013

Ondas do quebra-mar


YAN ROBERTO LIMA SILVA
Ondas do quebra-mar
Minha alma cabocla
navega por aqui
exaltando negros e índios
na terra do açaí.

O Amazonas vem subindo 
pela orla da beira-mar
nas ricas águas doces 
do meu rio-mar.

O Amazonas é  majestoso
e banha o meu lugar,
aqui todos se encantam
com a lenda do quebra-mar.

A brincar descalço
na beira do igarapé
sinto teu remanso
nas tardes quentes de maré.

No canto das lavadeiras
mistérios vão encontrar
sereias, cobras e botos
encantam este lugar.

Com a bela brisa do mar
na Fortaleza vou passear
e nas margens do Amazonas
tomar o meu tacacá.

Estâncias de bacabas 
nova aurora vai chegar
rio acima, rio abaixo
marabaixo vou dançar.

No balanço da canoa
sob o sol do Equador
vejo o encontro das águas 
rasgando o rio-mar.

No teu leito majestoso 
quero sempre navegar 
e sentir a força dessa terra
nas ondas do quebra-mar. 

terça-feira, 26 de março de 2013

No domingo de Ramos


Creci em uma familia que tem com um dos pilares familiar a fé no bem. Um familia católica mas não radical. Assim meus pais passaram essa herança de fé para todos os 9 filhos.
A lembrança dessa época de retiro espiritual que eu tenho mais forte em minha mente, além dos chocolates :), era minha atenção voltada ao tempo. Nos anos 80 e 90 muitos filmes épicos passavam nessa época e eu adorava vê-los...Os dez mandamentos, O Manto Sacrado, Ben-hur, O Rei dos Reis, Sansão e Dalila, Marcelino Pão e Vinho, Spartacus entre outros. 
O Manto de Cristo que deu origem a primeira fita cinematográfica em CinemaScope, intitulada O Manto Sagrado (título no Brasil), dirigida por Henry Koster, em 1953, pela 20th Century Fox é o meu prefeiro. Se trata de um filme que reconstitui o período apos a crucificação de Jesus Cristo, na Palestina, e dos primórdios do cristianismo entre gregos e romanos, tendo por base de ficção o imaginário destino da túnica de Cristo.
O Manto Sagrado - 1953
Meu pai tinha em sua biblioteca um antigo livro "Novo Testamento" eu sempre lia nessa época as passagens de cada história que eram acompanhadas de fotos mostrando o lugar onde elas tinham se passado em Jerusalém. 
Durante a Semana Santa o céu se cobria de nuvens, um clima verdadeiramente cena de cinema, era como se eu fosse transportada para essa época, minha imaginação viajava a cada pagina do livro. Mas onde eu passava mais tempo era nas páginas em que Jesus ensinava através das parábolas. A que me sempre deixava reflexiva era a Parábola do Grão de Mostarda...
«Ainda disse: A que assemelharemos o reino de Deus, ou com que parábola o representaremos? É como um grão de mostarda, que, quando semeado na terra, embora seja menor que todas as sementes que há na terra, contudo depois de semeado, cresce e se torna a maior de todas as hortaliças, e deita grandes ramos, de tal modo que as aves do céu podem pousar à sua sombra.» (Marcos 4:30-32)
Durante a semana que antecedia o domingo de Ramos minha mãe começava a arrumar os ramos para o buquê colhido no quintal de palmeiras do açai. No domingo pela manhã encontrávamos as pessoas se dirigindo para a igreja cada uma com seu ramo, decorado, com laços, prontos para encenar e rezar pela chegada de Jesus.
Era assim que começava para mim essa tradição religiosa católica que celebra a Paixão, a Morte e a ressurreição de Jesus Cristo.

segunda-feira, 25 de março de 2013

Hotel-Ateliê de Arlay


Na cidade de Arlay no Jura eu e minha companheira de viagem fizemos uma parada nesse charmoso hotel. Esse hotel,típico dessa região do leste da França me chamou a atenção pelas pinturas nas paredes, marcas de uma bela época pelo traços de figuras importantes para a identidade de uma região.

Eu me aproximei para fazer algumas fotos e de repente um senhor de uns 70 anos me abordou e disse "Bem-vinda ao Hotel Jardin de Misette" com um largo sorriso. Eu perguntei quem era o autor dessas pinturas, e ele me disse "Eu, mas não posso lhe mostrar meu ateliê agora, ele está bagunçado, pelo verão você poderá conhecê-lo. Eu abro para visitas na época do sol. Mas vou lhe mostrar a minha fonte de inspiração".

Caminhamos sobre uma ponte até o rio que atravessa a cidade, e ele me mostrou a bela vista que ele tem do seu quintal e com os inumeros passaros que chegam para a nova estação. Seu nome é Christian Petit.
Vou esperar chegar o verão para conhecer seu ateliê!!!




domingo, 24 de março de 2013

Cervejaria Rouget de Lisle


Situada no Jura na cidade de Bletterans  a cervejaria chamada "La bière Rouget de Lisle" feita artesanalmente  e batizada com o nome do autor do hino nacional francês Claude Joseph Rouget de Lisle. En 1994, Bruno Mangin fundou algumas cervejarias na região de Franche-Comté, uma delas na pequena cidade de Bletterans. Cerca de 83 cervejarias artesanais foram inauguradas no começo do século XX. 
A Rouget de Lisle é uma bebida fermentada de teor baixo de forte identidade regional, produite à base de cevada e aromas de plantas aromaticas da região. A fermentação é realizada em um recipiente fechado a cerca de 14° durante 8 a 12 dias, após esse tempo a temperatura do recipiente é diminuida para 0° por no minimo 21 dias.
Entre as cervejas duas reinam como produtos de primeira venda uma delas é a cerveja Pérolas Negra, considerada a champanhe das cervejas. Ela envelhece em tonéis de carvalho que antes continham o famoso vinho de palha tipico da região do Jura. Sua cor se assemelha ao do café vom um colarinho espumoso brilhante e de cor escura.
Cerveja Pérolas Negra
Wisky
Uma lista de 22 cervejas com aromas naturalmente essência das plantas da região.
http://www.brasserie-rouget-lisle.com/

Brasserie La Rouget de Lisle à BletteransBrasserie La Rouget de Lisle à BletteransBrasserie La Rouget de Lisle à BletteransBrasserie La Rouget de Lisle à BletteransBrasserie La Rouget de Lisle à BletteransBrasserie La Rouget de Lisle à Bletterans
Brasserie La Rouget de Lisle à BletteransBrasserie La Rouget de Lisle à BletteransBrasserie La Rouget de Lisle à BletteransBrasserie La Rouget de Lisle à BletteransBrasserie La Rouget de Lisle à BletteransBrasserie La Rouget de Lisle à Bletterans
La bière Rouget de Lisle°°°(À consommer avec modération)La bière Rouget de Lisle°°°(À consommer avec modération)La bière Rouget de Lisle°°°(À consommer avec modération)La bière Rouget de Lisle°°°(À consommer avec modération)La bière Rouget de Lisle°°°(À consommer avec modération)La bière Rouget de Lisle°°°(À consommer avec modération)
dfdf

AMOR

Esperado como um beijo, macio como uma carícia, doce como uma promessa  "AMOR" ao seu jeito, celebre. O Amor com a delicadeza e convida os namorados para partilhar uma onda suave e perfumada.

quarta-feira, 13 de março de 2013

Brasil em destaque na cidade de Vitor Hugo


A cada ano a Feira Comtoise renomada internacionalmente convida um país para ser homenageado, e para esta 87ª Edição o selecionado foi o Brasil.
Os ritmos e brasilidade acompanhados dos ares hugoanos convidam todos para um grande espetáculo folclórico de 4 a 12 de maio...Capoeira, Samba, Lambada, Batucada, marabaixo nas cores brasileiras seráo o fio condutor dessa edição 2013.
Ano passado nomais de 50 000 expectadores de todas as idades estiveram presentes prestigiando a volta ao mundo em 31 representações em uma sala de espetáculo de 2000 lugares. 
Cerca de 551 expositores e 140 000 visitantes da feira em 2012.

Uma cidade artesanal e cultural dedicada ao Brasil com 600m² de exposição e animação onde a brasilidade será apresentada em forma de moda, sabores, cores, musicas, artesanatos tradicional, danças...

Os instrumentos musicais brasileiros preenchem o ar com o som que vem do país do sol, da musica e da alegria. Dezenas de musicos percorrerão os corredores do Micropolis com ritmos brasileiros.
Para mais infos veja o site do evento
www.foire-comtoise.com/

quinta-feira, 7 de março de 2013

Carnaval das crianças de Dole


Como todos os anos as crianças de diversas escolas de Dole e da região desfilam pelo centro histórico da cidade. 
Elas festejam com alegria o fim do inverno, ou quase, e saudam o começo da primavera. Um lindo dragão chinês foi elaborado com balões nas cores amarelo e vermelho.
Nada melhor do que sorrisos, cantos, e a alegria da criançada para animar esse dia de folia na cidade de Pasteur :)
No fim do desfile, na praça dos bomdeiros um grande boneco é queimado. levando a preguiça dos dias invernais e trazendo as cores e alegria dos dias de primavera. Esse ano o personagem escolhido foi o smurf.


CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013
CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013
CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013
CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013CarnaDole2013
Carnaval des Enfants à Dole, Jura, un album sur Flickr.

Naramazonie

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Macapa