sábado, 6 de agosto de 2011

Samba até o fim do mundo...

Atriz francesa Claire Keim no Parque do Xingu
O francês Gilles de Maistre jornalista, produtor e realizador, começou sua carreira produzindo documentários para a televisão. Depois de trabalhar como repórter no programa Grands reporters do canal ARTE, ele prepara sua nova ficção “Samba jusqu' au bout du monde”, um telefilme criado para o canal France 2 com gravações no Parque do Xingu na Amazônia. 

A ficção foi realizada por uma equipe reduzida ( um realizador, dois assistentes e um técnico de som). Gilles de Maistre, na foto com a câmera nos ombros, se encontrou com 13 tribos antes de escolher os Mehinakus.
Na história atores brasileiros e franceses, entre eles, Marcos Palmeira que interpreta Jason o herdeiro de uma poderosa família dona de um laboratório em Manaus que se apaixona pela botânica Virginie interpretada pela atriz francesa Claire Keim. A história se desenrola no coração dos problemas que ameaçam as populações indígenas do Xingu, como as construções de barragens e os desmatamentos. A maior parte das filmagens foram feitas na tribo dos Mehinakus.
Atriz francesa Claire Keim et o ator brasileiro Marcos Palmeiras(foto:Laurent Denis)
A atriz francesa Claire Keim se lembra de sua chegada na região: "Eles nos receberam com uma grande festa. Em seguida me deu vontade  de ficar e domir no local. O tempo pára um pouco por aqui ».
Durante as filmagens os indios do Xingu continuam suas atividades normalmente - pesca, luta, dança, sempre acompanhados pelas câmeras. " Eu tenho adaptado um parte dos cenários em função de seu cotidiano e de seu local de vida. Eles são felizes de mostrar sua cultura e existe uma urgência de falar deles, e de defendê-los", explica o realizador Gilles de Maitre.
Durante o ultimo dia de filmagem na tribo dos Mehinakus, eles dançaram ao som de uma melodia enfeitados com as mais belas plumas multicoloridas. Um momento de beleza e magia onde os sorrisos estavam em todos os lábios. Cada um da equipe sabia que iria viver um momento unico. 
Ator francês Guillaume Cramoisan faz o papel de Manuel, porta-voz dos índios 
Claire Keim prometeu retornar um dia com sua filha. « Eu estou feliz e orgulhosa de ter visto algo que, talvez, daqui a 15 anos não exista mais. Este filme é uma aventura. »

A Francophonie no meio do mundo

No dia 1° de setembro professores e alunos do curso de francês do Centro Cultural Amapaense estiveram no #lecafebistrot ,localizado ...