domingo, 6 de novembro de 2016

Respeito à qualidade de vida



As frutas e legumes necessitam de condições climaticas especificas para crescer naturalmente. Fora desse periodo, eles são cultivados em estufas que necessitam de uma quantidade de energia significativa.
Para limitar o impacto de nossa alimentação sobre o clima, vamos privilegiar os legumes e frutas da estação, assim contribuiremos para a diminuição do impacto devastador no planeta. 
Citando apenas como exemplo, um tomate produzido localmente em uma estufa abastecida com energia elétrica, gera 7 VEZES MAIS gas carbônico que o mesmo tomate produzido naturalmente sem mudança de estação pelo homem.
Foto: Paisagem de campos coloridos perto de Sarraud, Vaucluse, France (44°01’ N – 5°24’ E). ©Yann Arthus-Bertrand.
A CADA METODO SEU IMPACTO
Todos os métodos agricolas não tem o mesmo impacto no clima, na biodiversidade ou no solo. Os métodos que limitam a utilização de recursos (agua, energia, etc.) e de produtos quimicos sintéticos (pesticidas, adubos, etc.) são mais duraveis pois eles respeitam mais o meio ambiente.
Em casa, na cantina da escola, ou no restaurante vamos privilegiar o maximo possivel os produtos que são derivados da agricultura organica: ela garante uma utilização limitada ao produtos fitosanitarios que autorizam somente adubos naturais.

Na foto estufa iluminada perto de Sauvo, região de Varsinais-Suomi, Finlandia (60°18' N – 22°36' E). ©Yann Arthus-Bertrand.

Naramazonie

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Macapa