domingo, 31 de outubro de 2010

lha do Sol

Ilha do Sol, fronteira Brasil x Guyana

Um oásis no caminho das águas

Para delícia dos banhistas, uma praia no meio da fronteira
Dia 24 de julho de 2005, fomos convidados para visitar a Ilha do Sol e Roche Plate de propriedade do Sr. Francisco Leal, Presidente da Associação dos Migrantes de Oiapoque. Chegamos com alguns alunos do curso de Secretariado Executivo da UNIFAP e a equipe da coordenação do Campus de Oiapoque.
Eraldo, eu, Dona Valéria, Mário e o anfitrião Sr. Francisco Leal
Primeira parada Ilha do Sol, para deixar alguns mantimentos para a anfitriã Dona Valéria, antes de continuarmos a subir o rio Oiapoque até o famoso paraíso da família Leal, ”Roche Plata”.
Um maravilhoso cenário de descobertas, trilhas, árvores, rochas com marcas intrigantes deixadas há tempos atrás. Um campo de futebol não poderia faltar com arquibancadas e  um lugar para o juiz apitar o jogo, tudo ecologicamente correto, e em harmonia com a natureza.
No rio Oiapoque

Chegando em Roche Plate

Eraldo, Elson e Mário uma parada para um banho refrescante em Roche Plate

um campo de futebol no Roche Plate

Juiz aqui vive nas alturas

Área reservada para os torcedores
Uma piscina de águas cristalinas também fazia parte de Roche Plate, borboletas de cores magníficas desfilavam e nos proporcionavam um lindo balé em sintonia com o canto dos pássaros. A noite um lindo luar finalizava o cenário com um iluminado céu estrelado, escutávamos apenas os sons dos motores das catraias entre idas e vindas em uma fronteira constantemente vigiada.
Alunas do Curso de Secretariado Executivo , eu e Dona Valéria

tim-tim!!!

Bolinho de chuva da Ilha do Sol
Ao voltarmos à ilha do sol Dona Valéria nos esperava com um maravilhoso almoço, como cardápio principal peixe e sua suculenta polenta, receita de sua terra Natal no sul do Brasil. Antes de nos deliciarmos com o almoço, degustamos um vinho tinto para acalmar o calor e abrir ainda mais o apetite.
Uma fronteira partilhada por todos, praia da Ilha do Sol - Photo: Nara Chamblay

Do nascer ao pôr-do-sol Ilha do Sol- Photo: Nara Chamblay

Um prazer simples e concreto - Photo: Nara Chamblay

Ao fundo vista de Saint-George
Quando as águas do rio Oiapoque baixam, vários visitantes aparecem para aproveitar a praia que se forma ao redor da casa. Um pequeno paraíso na fronteira entre dois países. Antes de nossa volta Sr. Leal nos mostrou um antigo mapa da fronteira detalhado que demarca nosso território brasileiro, e suas bebidas aromatizadas com plantas da amazônia e a nossa campeã de vendas cachaça (beba com moderação).
Bebidas aramatizadas com sabor 100% brasileira

L'île du Soleil, c'est magnifique
Partimos ao entardecer já com saudades dessa agradável recepção do casal da Ilha do Sol. 

A Francophonie no meio do mundo

No dia 1° de setembro professores e alunos do curso de francês do Centro Cultural Amapaense estiveram no #lecafebistrot ,localizado ...