quarta-feira, 8 de junho de 2011

turismo de troca...


O wwoofing abre uma nova oportunidade para o turismo ecológico e cultural partilhando mutuamente seus elementos fundadores.Esta rede internacional de fazendas bio, de produção de pequeno porte, atira cada vez mais membros. Sao viajantes do mundo inteiro decididos a dar um novo sentido à sua viagem sem gastar fortunas. Eles partem para compartilhar o cotidiano dos agricultores franceses, neozelandeses, indianos, etc...

A palavra woofing originou do WWWOOF(« World-Wide Opportunities on Organic Farms ») é uma rede mundial de fazendas bio criada na Inglaterra em 1971 que tem como propostas: receber toda pessoa que deseja compartilhar seus cotidianos de trabalhos nas fazendas em troca de hospedagem e alimentação e de dinfundir as técnicas da agricultura orgânica. As atividade tem duração de 25 a 30 h por semana, cerca 4 a 7 h por dia, o que deixa bastante tempo para conhecer outros locais da região. 
Para participar da aventura o(a) interessado(a) precisa ter mais de 18 anos e está disponível para ajudar nos afazeres da fazenda. Vários sites de internet são especializados em auxiliar os viajantes à encontrar os fazendeiros e combinar o tempo de estadia.
Na França, mais de 500 fazendas estão pronta à acolher os wwoofers. A Associação Wwoof France foi criada em 2007 e gera a rede no país. Ela acolhe e referência os donos de fazendas e os coloca em contato com os voluntários que desejam investir nesta nova experiência insólita. 
Para ser membro da Wwoof France, precisa encomendar o livro wwoof no www.wwoof.fr ao preço de 15 euros por pessoa e 20 euros por duas pessoas.

Naramazonie

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Macapa