terça-feira, 16 de julho de 2013

Ponte dos pescadores no rio Garona



Uma visita ao centro comercial entre Bordeaux e a cidade de Bègles chamado Rives d'Arcins. Um lugar shopping aparentemente comum, na entrada as lojas de marcas de renome internacional expõem suas coleções. O aroma de café e dos croissants enchem os corredores de deliciosos e quando atravessamos a porta que dá para o rio Garona, é simplesmente um descoberta de prazer ao meio de tanta modernidade...um verdura incrivel e calma.

A região bordolesa tem uma grande história de vinhos, mas é também uma cidade de água. A alma da cidade é ligada diretamente aos recursos hidricos, pois é através dele que a ntaureza reforça suas forças.  No caminho a esquerda encontramos um trilha em ponte de madeira que nos leva de volta no tempo das cabanas de pescadores, elas ficaram paradas no tempo e sua posse é passada de geração a geração.


Essas cabanas de pescadores em estilo palafitas serviam para a pesca de rede que é colocada no rio através de um mastro de ferro com uma rede de pesca em forma quadrangular.
Para se chegar nas cabanas passamos por uma ponte de madeira que leva em direção a cada uma localizada na beiro do rio Garona. 
Durante a caminhada me deparei com as esculturas de metal  do escultor e artista plástico Michel Lecoeur. As esculturas ficam entre as arvores e o mangue em total harmonia com a natureza, a impressão que temos é que elas aparecem como magia, algumas como se estivessem surgindo do fundo do rio...








Naramazonie

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Macapa