segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Chegando em Santarém, a pérola do Tapajos

Chegando na cidade de Santarém encontro com o Tapajos


A cidade de Santarém é carinhosamente conhecida como Pérola do Tapajós, Santarém é uma agradável cidade paraense, localizada na região central da Amazônia, entre a capital do Meio do Mundo Macapa e Manaus, na confluência dos Rios Amazonas e  Tapajós. 

Aqui também é onde acontece  encontro das àguas, em frente à cidade, um espetáculo de dois grandes rios, que fluem por quilômetros, lado a lado, sem misturar suas águas de cores e densidades diferentes.
Nesse lugar onde o Rio Amazonas é tão largo que chega as cheias não avistamos a margem oposta. Um santuário paradisiaco que atrai visitantes de todos os cantos do planeta. 

Na região já foram catalogadas mais de duas mil espécies de peixes, quase mil de pássaros, centenas 
de espécies de mamíferos e cerca de 10% de todas as espécies de plantas existentes na Terra, entre elas espécies-símbolo da região, como a vitória-régia, as bromélias e as enormes árvores típicas deste bioma. 
Vitoria-régia
Na região há florestas protegidas, cachoeiras, igarapés, rica fauna e flora, além dos lagos e praias formadas ao longo do Rio Tapajós, que fazem a alegria dos ecoturistas que buscam um contato profundo com a natureza.
Matriz de N. S. da Conceição

A praia mais bela e famosa é Alter do Chão, vamos ainda caminhar em todos os cantos desse paraiso em artigos aqui :) Apesar de ser um lugar de panoramas multifaces da beleza amazônica ela ainda sofre com os problemas de lixo e esgoto a céu aberto :/
A cidade em si é extremamente comercial, o centro da cidade destaca-se por sua diversificação comercial de tudo para todos .

Museu João Fona
Para descobrir a cidade e sua historia vale uma visita ao Centro Cultural João Fona, conhecido também como Museu de Santarém, localizado na Praça Barão de Santarém, no centro da cidade. As obras do Museu foram iniciadas em 1853, concluídas em 1867 e inauguradas em 1868. O prédio jà foi local do Fórum de Justiça de Santarém, do presídio, da Intendência Municipal e Prefeitura Municipal. O centro tem um acervo de cerâmicas arqueológicas tapajônicas, objetos históricos e a galeria de ex-prefeitos.

Museu de Arte Sacra
A cultura tapajônica também é preservada no Museu de Arte Sacra, localizado na Travessa Siqueira Campos, nº 439, anexo à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição – Centro da Cidade. Inaugurado em 2003, o Museu é todo climatizado e possui um acervo com objetos de arte religiosa (imagens, indumentárias e pinturas). Funciona de terça a sábado, das 8h às 11h30.


Solar do Barão de Santarém e Solar do Barão de São Nicolau
Prédio da época colonial, o Solar do Barão de Santarém pertenceu a Antônio Pinto Guimarães, o Barão de Santarém. Fica na Rua Senador Lameira Bittencourt, antiga Rua dos Mercadores, ao lado do Solar do Barão de São Nicolau. Este ostenta um raro relógio de sol, o único existente na cidade.

Museu Dica Frazão
Outra parada cultural é no Museu Dica Frazão, localizado na Rua Floriano Peixoto, nº 281, no centro. Inaugurado em 1999, expõe as mais famosas peças artesanais confeccionadas pela artesã Dica Frazão, considerada a pioneira na utilização da raiz do patchouli e de outros materiais da região, como palhas de tucum, de buriti e do açaizeiro, além da malva, juta, bambu, casca do taperebazeiro, cipó escada de jabuti, entrecascas de madeiras e sementes de melancia, melão, jerimum e pepino.

O acervo do Museu dispõe de mais de 150 peças, entre as quais réplicas de trabalhos pertencentes à rainha da Bélgica e ao Papa João Paulo II.

A Francophonie no meio do mundo

No dia 1° de setembro professores e alunos do curso de francês do Centro Cultural Amapaense estiveram no #lecafebistrot ,localizado ...