quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Minhas primeiras leituras en francês

Para me integrar e me adaptar mais facilmente à minha nova vida na França, dei início ha uma nova procura. Duas vezes por semana frequentava a Biblioteca de Dole em busca de livros que descrevem sua cronologia  histórica. Meus primeiros livros foram "Dole Autrefois - Images retrouvées de la vie quotidienne" (Dole antigamente - imagens descobertas da vida cotidiana) e "Une Mémoire doloise, sur les pas de Julien" (Memoria Doloise, nos passos de Julien),  do escritor  e professor de Historia Antiga da Universidade de Franche-Comté, Jacky Theurot. Os livros descrevem a vida dos habitantes nos anos de 1880-1940 e os grande eventos culturais  da época entre 1950-2008 com o testemunho de uma pessoa célebre de Dole, Julien Feuvrier professor de Matematica, apaixonado pela arqueologia e criador do Museu de Belas Artes de Dole.
Uma incrivel viagem no tempo ilustrada com fotos e cartões postais.

Vidéo Dole Autrefois
No começo precisei utilisar um dicionario para compreender melhor as palavras e conseguir escrever meus artigos, pois, meu blog tinha nascido e precisava alimentá-lo de fatos, fotos, videos etc...Para mim um artigo sem foto não faz tanto efeito quanto a ilustração, com imagens e vidéos.
Foi um começo interessante, pois as pessoas com quem conversava, ficavam surpresa pelas descrições que eu fazia sobre a cidade, seus habitantes em épocas passadas.
No prédio que morava vivia uma gentil dama de 83 anos e um certo dia nos encontramos na entrada do apartamento. Ela ao me ver com os livros nas mãos, disse que poderia me emprestar alguns de sua biblioteca particular e me deu uma lista de livros e escritores que falavam sobre a região.
E assim me apaixonei pela literatura regional, e sempre que posso leio e viajo no tempo coms os escritores de Franche-Comté.
"Só lutamos por aquilo que amamos, só amamos aquilo que respeitamos e só respeitamos aquilo que conhecemos"
Adolf Hitler

A Francophonie no meio do mundo

No dia 1° de setembro professores e alunos do curso de francês do Centro Cultural Amapaense estiveram no #lecafebistrot ,localizado ...