sábado, 23 de outubro de 2010

Cidade de Arte e História


Cidade de Dole

De 4 estações de Dole

Um convite à descobrir Dole, com aproximadamente 25000 hab, a 300m acima do nivel do mar, é chamada de pérola do Jura. Capital da antiga Comté, é uma cidade que nos leva a viajar no tempo. Em Dole cada rua, cada monumento conta a vida cotidiana de uma bela época e que fez de Dole uma cidade de Arte e de História. De Frederic Barberousse à Charles Quint, todos os senhores de Comté deram fama e colocaram a cidade a rota do turismo da França com seus prédios excepcionais: Basilica de Notre Dame, conventos, hospícios, antigo centro comercial, Parlamento, Universidade...Foram tombados como patrimônio histórico com 43 monumentos que você pode descobrir caminhando pelas ruas da cidade.
De 4 estações de Dole

Do antigo bairro dos curtidores de couro, onde nasceu e viveu Luis Pasteur, ao bairro da Catedral de Notre Dame, da rua dos antigos açougues à praça das flores e sua charmosa fonte da criança...Dole oferece uma variedade de pinturas vivas multicoloridas expostas em cada canto de sua antiga cidade. No verão, primaveram e outono avistamos Mont Blanc, imponente com seu cume de um branco contrastando com o magnífico cenário de montanhas do Jura. Dole também foi classificada com cidade florida«Fleurie», ou seja, de primavera a outono encontramos jardins espalhados pelas ruas e praças. Um festival de cores e perfumes, uma diversidade de espécies, onde a rosa reina imponente com suas multicores e tamanhos variados.

Personagens célebres da literatura e da biologia viveram em Dole como: Luis Pasteur biologista e descobridor da vacina anti-rábica, Marcel Aymé, que viveu sua adolescência, inspirados pelos seus romances regionais« La Vouivre » e « Le Moulin de la Sourdine », André Besson um historiador e escritor da literatura regional com seus romances de capa e espada e verdadeiros fatos históricos da região de Franche-Comté.

Passeio de barco...
De 4 estações de Dole

Dole é atravessada por um dos mais bonitos cursos de águas navegáveis. Este oferece uma longa diversidade de escolha de percurso à navegar: o canal Rhône au Rhin, o Doubs, o Saône onde podemos chegar até ao Porto de Saône ou o canal de Bourgogne além de Saint-Jean-de-Losne.
Partindo do Porto de Dole, com a empresa Nicols podemos visitar a região através dos diversos pacotes de viagens.

 

Passeio de bicicleta...

A ciclovia é um convite à conhecer de Nantes a Budapeste, de 3000 km de pista que segue o curso dos rios, Rhin, Danubio, Loire, Saône, Doubs e o canal do centro da cidade de Dole e liga Nantes ao Mar Negro. A cidade oferece também 29 km de pista até a cidade de Salin-les-Bains que permite de chegar à cidade de Besançon e Belfort. Sob os antigos caminhos dos rios é marcada com um panorama cheio de charme, atravessando florestas e cidades do país Dolois.
 
Passeio de trem - La ligne des Hirondelles

Dole também oferece uma maravilhosa trilha de visitação, a linha das andorinhas ou « La ligne des Hirondelles », que passa através das montanhas do Jura. A linha do TER liga Dole à Saint-Claude, e é batizada de linhas das andorinhas. Um meio ecológico de visitar o departamento do Jura em 2h30, trilhando entre o céu e a terra com uma vista maravilhosa das cadeias de montanha do Jura. São 120km de paisagens à serem descobertas de florestas e paredes rochosas jurássicas. Tanto no verão como no inverno podemos escolher o trajeto que queremos percorrer, um guia acompanha todo o percurso que será enriquecido com comentários e visitas em vales e museus, passeios a pé, de bicicleta ou de raquete (na neve)acompanhados de uma saborosa gastrônomia local.


Patrimônios protegidos de Dole

A Catedral de Notre Dame festejou seus 500 anos

Ao chegar na cidade de Dole a Catedral domina a cidade com sua imponente torre de 73 metros e seu sino que faz lembrar as história de outras épocas. Classificado como monumento histórico datando do século XVI está situada no coração da cidade onde estão os monumentos protegidos como patrimônios franceses, é uma das mais importantes catedrais da França. Com sua magnífica arquitetura ela é o símbolo da cidade de Pasteur. Foi fechada para reforma em 2006 e abriu suas portas no final do ano de 2009 culminando com seu aniversário de 500 anos. Seu aniversário foi festejado com numerosas animações e festividades na semana da Páscoa de 30 à 31 maio. Nesta ocasião um programa de eventos é organizado com: peças teatrais, musicas, danças, gastrômia, espetáculos a céu aberto marcando um época da idade média relembrada pelos habitantes das cidades francesas, e finalizando, uma noite marcada com o show dos fogos de artifício tendo ao fundo a imagem da Catedral de Notre Dame de Dole.

Museu de Luis Pasteur

Instalado ao longo do canal dos vendores de couro « Tanneurs », o Museu Pasteur foi criado em sua antiga residência e apresenta aos visitantes uma visão de suas obras científicas que revolucionaram as práticas medicais, cirùrgicas, alimentares e industriais.Com 2 andares, 8 salas de exposição com uma museografia moderna, vitrines, maquetes e filmes, apresentam as lembranças de família e pessoal de Pasteur. Este ano o museu propõe duas exposições temporárias sobre o tema da Peste e a apresentação do Instituto Pasteur.


Museu de Belas-Artes

Criado graças ao donativos dos apreciadores de arte e história de Dole, as coleções de pinturas e escultura serão rapidamente enriquecidos com as decobertas arqueológicas na região. A riqueza da antiga capital de Franche-Comté se orgulha de uma herança histórica impressionante. Assim, encontramos as esculturas regionais da Idade Média do século XVIII e de pinturas francesas dos séculos XVII e XVIII assinadas por Vouet, Patel, Allegrain ou ainda Coypel. Podemos igualmente admirar peças das escolas italianas e nordicas, de coleções de obras do séc.XIX e dos mestres regionais, Courbet, Poitelin, Machard ou Brun. A arte comtemporânea está presente com as obras dos artistas dos anos 60 ao redor da figuração narrativa e os novos realistas.

Bon apétit!!!

A Cabana encantada « La Chaumière enchantée »
 
Restaurant
Joël Césari


O Chefe francês Joël Césari condecorado com uma estrela do guia de restaurantes Michelin, comanda seu restaurante em estilo comtemporâneo confortável combinando sabores e cores aos seus pratos. Há 40 anos este jurasien, retomou junto com sua esposa um dos albergues da região que fazem o charme de Franche-Comté e o transformou em um dos restaurantes mais visitados da região.O sabor regional deste chefe é visto através de seus óculos coloridos (super fashion) adora reinventar, graças às novas técnicas e novas receitas.Sem fronteiras, este homem com espírito aberto e que adora também os sabores do mediterrâneo de champignons, cancoillote e o vinho amarelo « vin jaune ». Começou com a cozinha de estação, sempre em evolução, reflexiva, servidas serenamente para prolongar os instantes de prazer. Aproveitem a visita e peçam ao Chefe para descobrir os sabores da casa.

Do lado hospedagem o Hotel 3 estrelas com cores doces e decoração zen dão o tom aos 18 confortáveis quartos personalizados com abertura para o jardim.

La Chaumière
346, avenue du Maréchal-Juin, 39100 Dole
Tél : 03 84 70 72 40 - http://www.la-chaumiere.info/
 


O sabor e conforto do Castelo de Mont Joly

Romuald Fassenet recebeu o título de melhor artesão da França, como chefe e seu restaurante comtém estrela Michelin de 2006, proprietário de um castelo onde transformou em Hotel-restaurante situado no vilarejo de Sampans.Romuald Fassenet começa uma nova vida com interação ao meio ambiente regional do Jura. Depois de ter feito seu nome à Dole, o empreendimento familiar galgou novos investimento e compraram o elegante castelo do séc. XVIII em Sampans.Os quartos em conforto alta classe, destilam um charme sabiamente discreto e luxuoso.

Le château de Mont Joly
6, rue de Mont-Joly, 39100 Sampans
Tél 03 84 82 43 43 - http://www.chateaumontjoly.com/
 
Panorama e sabor no Moulins des écorces

Para se chegar ao Hotel-Restaurante Moulins des Ecorces(Moinhos da Escócia) de Patrick Franchini, pela passarela que para por cima do rio Doubs. Com uma vista para o centro histórico de Dole, em meio a natureza, sobre um sítio classificado de « reserva natural ». Esta ocasião unica, dar aos visitantes e residentes do hotel a sensação de bem-estar e de encontros inesperados com os pássaros pescadores com plumagens multicoloridas e grandes bicos e outros visitantes inesperados da natureza. Localizado ao lado da casa de espetáculos de Dole, La Commanderie, o ambiente é inundado com um ar festivo. Com um pouco de sorte você encontrar atores, atrizes, cantores e vedetes em turnê pela França que se apresentam constantemente à Dole.

Naramazonie

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Macapa