quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Navegando na vanguarda...


O Teatro das Bacabeiras estará realizando no período de 22 a 28 de agosto o projeto "Navegando na Vanguarda", premiado pelo Ministério da Cultura através da revista "Vanguarda Cultural", que visa apresentar à comunidade obras do cineasta brasileiro Glauber Rocha.

A programação, que se iniciará na segunda-feira, 22, a partir das 18h, contará com a presença de um representante da Cinemateca Brasileira e do cineasta e coordenador geral da Federação Paraense de Cineclubes (Paracine), Francisco Weyl.

Segundo o diretor do Teatro das Bacabeiras, Aroldo Pedrosa, a realização deste evento é muito importante, pois irá apresentar a grandeza da obra do cineasta Glauber Rocha, que é considerado o maior cineasta brasileiro e uma das maiores expressões da cultura nacional.

Na abertura do evento, que será realizada no Teatro das Bacabeiras, será oferecido um coquetel e logo em seguida ocorrerá a exibição do filme "Labirinto do Brasil". A programação contará também com apresentações de bandas de reggae, rock, Marabaixo e shows musicais com diversas bandas como Minibox Lunar e Vanguarda Amazônica.

O projeto será realizado nos seguintes locais: Teatro das Bacabeiras (Sala do Museu da Imagem e do Som), Cine Mairi (Fortaleza de São José de Macapá) e no Cine Paraíso (atrás da Catedral de São José – Centro).

Parceiros

O projeto "Navegando na Vanguarda" está sendo executado em parceria com diversas instituições e órgãos, como Cultura Viva, Ponto de Mídia Livre, Ministério da Cultura, Museu da Imagem e do Som, Coletivo Palafita, Univer Cinema, Fundação Mãe Bia, Governo do Amapá, através da Secretaria de Estado da Cultura.

Glauber Rocha

Glauber de Andrade Rocha nasceu em 14 de março de 1939, em Vitória da Conquista (BA), filho de Adamastor Bráulio Rocha e Lúcia Mendes de Andrade. Mudou se para Salvador em 1947, onde deu seus primeiros passos com escritor e ator.

Produziu diversos curta-metragens como: "Pátio" (1959), "A Cruz na Praça" (1959), "Amazonas, Amazonas" (1965), "Di Cavalcanti", com o qual venceu o Festival de Cannes, em 1977.

Em 1962, lança o longametragem intitulado "Barramento" e nos anos seguintes são lançados os filmes "Deus e o Diabo na Terra do Sol" (1963), "Terra em Transe" (1967), "O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro" (1968), "Cabeças Cortadas" (1970), "O Leão de Sete Cabeças" (1971), "Câncer" (1972), "Claro" (1975) e "A Idade da Terra" (1980).

Em 22 de agosto de 1981, Glauber Rocha morre vítima de septicemia (infecção grave, com progressão rápida e de alto risco), provocada por broncopneumonia. (Fonte: Wikipédia)

Local:Teatro das Bacabeiras
Horário:22/08/2011 às 18:00h
Endereço:Rua Cândido Mendes, 368, Bairro Central - Macapá/AP.
Contatos:Secretaria de Estado de Cultura

Naramazonie

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Macapa