quarta-feira, 21 de setembro de 2011

yanomami, encontro entre dois mundos...


Nos anos 60, os antropólogos ocidentais recentementes diplomados partem à procura das tribos mais distantes. A região amazônica que era privada de todo contato com a modernidade é invadida por uma onda gigantesca de pesquisadores e jornalistas. Os indios yanomami que continua atualmente, a tribo mais estudada do mundo, eles não vêem com bons olhos a chegada do homem branco. Trinta anos mais tarde a revelação em detalhes deste encontro entre dois mundos, coloca uma duvida sobre as instituições cientificas, particularmente na França e EUA: as intervenções em helicópteros destruiram vários habitats, alguns pesquisadores compraram a confiança dos indios fornecendo armas de todo tipo, criando uma desordem social e fazendo aparecer novas doenças....O documentário evoca também um discipulo de Lévi-Strauss que viveu 20 anos com os yanomami, e que vários entre eles o acusam de ter trazido para o seio da comunidade a prostituição, trocando os tesouros por favores sexuais de indios de todas as idades.
O realizador brasileiro José Padilha tenta desvendar esta obscura história se apoiando em passagens dos filmes antropológicos dos anos 60, mas também sobre entrevistas de testemunhas chaves. Ele oferece aos pesquisadores implicados, a oportunidade de se defenderem, e aos yanomami de testemunharem e apresentarem sua própria versão dos fatos, pois sempre ficaram em silêncio até hoje. Desta confrontação nasceu um novo olhar sobre as influências entre o mundo moderno e a cultura tradicional, uma reflexão sobre os limites da pesquisa antropológica.

Naramazonie

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Macapa