sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Ouse e não deixe a vida passar...


Eu perdoei erros quase imperdoáveis
Eu tentei substituir pessoas insubstituíveis, e esqueci de pessoas inesquecíveis.
Eu agi por impulsão, eu fui decepcionado por pessoas que eu acreditava incapazes, mas eu decepcionei pessoas também.
Eu tomei em meus braços alguém para protegê-la.
Eu ri quando não deveria. Eu fiz amigos eternos.
Eu amei e recebi amor de retorno, mas eu também  fui rejeitado.
Eu fui amado e eu não soube amar.
Eu gritei e saltei de tantas alegrias,
Eu vivi de amor e fiz promessas eternas, mas eu machuquei meu coração varias vezes!
Eu chorei escutando musica ou olhando fotos.
Eu telefonei somente para ouvir uma voz, e eu já me apaixonei por um sorriso.
Eu ja acredite que iria morrer de tanta saudade e eu tive medo de perder alguém muito especial ( que eu acabei perdendo)...
Las eu sobrevivi! E estou vivo ainda! E a vida, eu não a deixo passar...
E você também não deve deixar ela passar. Viva!!!
O que é verdadeiramente bom, é ser persistente.
Abraçar a vida e viver com paixão,
Perder com classe e vencer ousadamente, pois o mundo é de quem ousa.
E a VIDA é BASTANTE para ser insignificante!

Charlie Chaplin...

A Francophonie no meio do mundo

No dia 1° de setembro professores e alunos do curso de francês do Centro Cultural Amapaense estiveram no #lecafebistrot ,localizado ...